Artigos

Contatos

Blog da Professora Terezinha
Graduada em Pedagogia. Pós-Graduada em Educação Pré-Escolar. Pós-Graduada em Administração Escolar. Atualmente Coordenadora Pedagógica da Educação Infantil e Ensino Fundamental I no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, em Lavras - MG.
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.

Visitas

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

postheadericon A importância da escola.


A importância da escola no desenvolvimento psicossocial da 
criança a partir dos 2 anos de idade.

"É de suma importância a permanência da criança de 2 a 6 anos de idade na escola, tanto no que diz respeito ao processo de maturação biológica como ao desenvolvimento sócio-psicomotor por qual ela passa em seu relacionamento com o meio ambiente. 
O primeiro grupo ao qual uma pessoa pertence é a família. É na família que cada pessoa adquire os conceitos, hábitos e crenças que vão constituir o alicerce sobre o qual ela se apóia, os conceitos fundamentais sobre o mundo, as relações sociais, a ética, a forma como a sociedade se estrutura.
 Depois da família, a escola  é um dos mais importantes grupos dos quais a criança participa. A escola consolida e atualiza, na criança, as bases necessárias para a participação na vida social. É na escola que a criança vai incorporar sentimentos de adequação para a participação na sociedade mais ampla.
A escola tem de certa forma, uma co-participação com a família, na educação das crianças no sentido de que tem a tarefa de cooperar com a família, de dar continuidade à preparação do indivíduo para que ele possa se inserir na sociedade mais ampla de forma satisfatória para si mesmo e para a sociedade na qual participa. Ela representa para a criança a sua pré-estréia em um grupo mais amplo, como sujeito capaz de construir junto com os outros, de criar e, pela sua atuação, de se realizar em uma importante dimensão da vida humana.
Na escola a criança desenvolve sua sociabilidade brincando com crianças da mesma idade. A brincadeira é uma das linguagens que se destacam na infância e é através dela que a criança significa e ressignifica o mundo, constituindo suas práticas culturais".
                                                                                                                                             Texto adaptado

0 comentários: